segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Em FEVEREIRO - façamos o Jejum de Daniel na intenções da RCC/RS e da RCC/Brasil!! Vitória pelo poder do Sangue de Jesus!!

Paz e bem!!
Em primeiro lugar convido você para juntos fazermos um breve momento de louvor ao Senhor, antes de iniciarmos a leitura.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio agora e sempre. Amém.

Sabemos que estamos em tempo de pastorear, de salvar almas, de retornar e perseverar nas práticas espirituais, de conquistar territórios para Jesus, famílias, cidades, nosso estado e nações. Com essa intenção convido você amado irmão intercessor para juntos fazermos o JEJUM DE DANIEL, abaixo está toda a orientação e fundamentação.

É importante que todos nós do Ministério de Intercessão façamos esse Jejum nas intenções da Renovação Carismática Católica do Rio Grande do Sul e do Brasil.

APROVEITO PARA AVISAR QUE FAREMOS VIGÍLIA EM TODA A PRIMEIRA SEXTA-FEIRA DE CADA MÊS do ANO DE 2012, no mínimo três horas de adoração a Jesus Vivo na Eucaristia e também participar da Santa Missa e comungando nas intenções do Sagrado Coração de Jesus, conforme Ele mesmo revelou a Santa Margarida Maria Alacoque na 12ª Promessa:

“A todos os que comunguem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna”. 

Aos intercessores do RS presentes no ENF, partilho minha alegria por ver cada um e os que não foram agradecemos as orações. Deus seja louvado em breve partilharei o que recebemos de formação.

Grande abraço. Deus nos abençoe, guarde e proteja pela intercessão da Vigem Maria e de São Miguel Arcanjo!!

Beata Elena Guerra, rogai por nós!!
Dilon Junior
Coord. Estadual Ministério de Intercessão RCC/RS

JEJUM DE DANIEL

Início dia 1° de fevereiro até o dia 21 de fevereiro de 2012.

“Naqueles dias eu, Daniel, estava pranteando por três semanas inteiras. Nenhuma coisa desejável comi, nem carne nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com ungüento, até que se cumpriram as três semanas completas.” (Dn 10,2-3) 

A passagem acima descrita, tirada do livro de Daniel, é o exemplo clássico de um “jejum parcial” realizado em meio às atividades do dia-a-dia, com o propósito de alcançar de Deus a revelação de sua vontade. Chamamos “jejum parcial” porque consiste na aplicação de uma dieta limitada, ao invés da abstinência absoluta de alimentos.

Está claro que existe um valor muito grande neste tipo de jejum. Lendo os versículos seguintes deste capítulo de Daniel, verificamos que o culminar deste jejum foi uma tremenda visitação do anjo do Senhor com uma revelação indispensável a respeito das batalhas que se travam nas regiões celestes (vers.13-22). Além disso, o próprio Senhor, em sua visita a Daniel, assegura com palavras encorajadoras a eficácia de seu jejum e penitência: “Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste teu espírito a compreender, e em que te humilhaste diante de teu Deus, tua oração foi ouvida, e é por isso que eu vim”. (vers.12)

Aleluia! Quando nós somos movidos pelas promessas de Deus e numa atitude que o agrada, começamos a transformar esta promessa em realidade no jejum e na oração; no momento mesmo em que nosso coração se humilha e busca a face do Senhor, nossas palavras são ouvidas no céu.

Daniel dedicou três semanas (21 dias) ao jejum e à oração. O tempo dedicado ao jejum é reservado para buscar o Senhor, mesmo em meio às atividades cotidianas. Em Mt 6, 1-18 vemos como Jesus indica o jejum, a oração e a esmola como sinais característicos da vida de um cristão fiel. Em alguns momentos de decisão, porém, somos convidados a intensificar nossa comunhão com o Senhor. Segundo o desejo de Jesus, devemos fazer isto sem ostentação, mas com discrição e buscando agradar somente ao Pai.

Outro fator importante em um tempo de jejum é o propósito que nos move a fazê-lo. Um jejum sem propósito definido é como vagar num túnel escuro, sem saber de onde vem ou para onde vai. Olhando as Sagradas Escrituras, encontraremos muitas razões que levaram as pessoas ao jejum. Se vamos jejuar, temos que ter objetivos firmes e claros pelos quais lutar: Estar em Deus; receber sua palavra e alguma orientação/propósito concreta; interceder por alguém ou alguma situação; enfrentar Satanás e suas tentações. Pedimos que você ore e peça que o Senhor revele sobre que intenções particulares você deve rezar. Que pessoas estão perto de você e longe de Deus? Que situações precisam ser saradas pelo Senhor em sua vida, etc? Anote num papel essas intenções particulares e deixe-as à mão, para que você recorde durante a oração pessoal. Vamos fazer esse jejum nas intenções da Renovação Carismática Católica do estado do Rio Grande do Sul e do Brasil, com foco nos Grupos de oração.


Como se faz esse jejum?

Por três semanas (21 dias), somos convocados a um jejum parcial. Será um tempo de maior oração e dedicação ao Senhor. Durante este tempo, evitaremos alimentos pêlos quais buscamos saciar mais nosso gosto/prazer do que as necessidades reais do nosso organismo (doces, refrigerantes, excesso de frituras ou outros alimentos que constituem hábitos alimentares aos quais estamos apegados).

Além disso, evitando extravagâncias, vamos escolher entre duas opções: ou iniciar a alimentação diária só a partir das 12 horas, ou simplesmente cortar uma das refeições do dia. Cuidado somente para não “descontar” na próxima refeição para compensar o que foi omitido. Pessoas que fazem uso de medicação devem estabelecer o jejum em conformidade com o horário dos remédios. Pessoas com problemas de pressão ou diabetes, ou outro tipo de limitação de saúde, devem conhecer as necessidades do seu organismo e adaptar o jejum. Pessoas que não podem fazer nenhum tipo de restrição na alimentação podem fazer jejum de televisão, conversa ou outras coisas. Mas lembre-se: inicialmente o jejum consta de algum sacrifício na alimentação.

No 1º dia do jejum faça uma consagração, com um bom momento de Adoração, Louvor e se possível participação de missa. Escreva num papel as intenções pelas quais você vai oferecer o jejum (peça ao Espírito Santo que lhe revele o que será a motivação do seu tempo de penitência e escuta).
No 21º dia, ou seja, no final da terceira semana de jejum, faça um momento de ação de graças ao Senhor, por tudo o que Ele nos dará em função desse dias; se possível também participe de uma missa em ação de graças.

Sugestão de roteiro para oração pessoal nos dias de jejum:

1o. dia – Ore com Romanos 4, 18-21 e confie no Deus que é fiel e poderoso.
2º. dia – Ore com Romanos 5, 3-5 e renove sua esperança nas tribulações.
3º. dia – Ore com Romanos 8, 15 e clame com o Espírito Santo ao seu Pai eterno.
4º. dia – Ore com Romanos 8, 28 e declare que todas as coisas concorrerão para seu bem, para a glória de Deus.
5º. dia – Ore com Romanos 8, 31-38 e celebre sua vitória em Cristo sobre todo o mal.
6º. dia – Ore com Romanos 10, 9-13, proclame o senhorio de Jesus e receba salvação.
7º. dia- Ore com Romanos 12, 1-2 e peça ao Senhor a renovação do seu espírito e da sua mente.
8º. dia – Ore com 1Coríntios 1, 7-9 e louve o Deus fiel que o guarda seguro até o fim.
9º. dia – Ore com 1Coríntios 3, 16 e adore o Espírito Santo que mora em você!
10º. dia – Ore com 1Coríntios 6, 19-20 e agradeça ao Senhor por tê-lo comprado pelo sangue de Jesus.
11º. dia – Ore com 1Coríntios 13, 4-7 e peça que o Senhor encha o seu coração de amor.
12º. dia – Ore com 2Coríntios 4, 16-18 e glorifique a Deus porque suas tribulações são passageiras.
13º. dia – Ore com 2Coríntios 6, 1-2 e faça do dia de hoje o tempo de Deus em sua vida.
14º. dia – Ore com 2Coríntios 10, 3-5 e trave um combate espiritual com a armadura de Deus.
15º. dia – Ore com Gálatas 2, 19-20 e experimente a vida de Cristo pulsando em você.
16º. dia – Ore com Gálatas 4, 6-7 e louve a Deus, de quem você é filho e herdeiro.
17º. dia – Ore com Efésios 1, 3-14 e adore o Senhor por suas maravilhas em nosso favor.
18º. dia – Ore com Efésios 2, 8-10 e agradeça pela salvação recebida por uma vida santa.
19º. dia – Ore com Efésios 2, 13-18 e derrube os muros de inimizade em sua vida.
20º. dia – Ore com Efésios 3, 20-21 e louve o Pai que faz muito mais do que pedimos.
21º. dia – Ore com Efésios 4, 31-32 e comece uma vida nova de perdão e de paz.



Fonte: Pe. Antonio José (Arquidiocese do Rio de Janeiro) com adaptações de Vicente Gomes de Souza Neto e Dilon Junior.

domingo, 22 de janeiro de 2012

É pura graça de Deus: todo o RS unido no dia 22 na MOBILIZAÇÃO NACIONAL

‎"Bendito seja Deus que não rejeitou a minha oração, nem retirou de mim a sua misericórdia!" Salmo 65, 20.
VITÓRIA PELO PODER DO SANGUE DE JESUS!!!
 Envie para a coordenação estadual do MI as moções e o seu testemunho.
Grande abraço. Que Deus nos abençõe e proteja.
Dilon Jr. - Coordenador Estadual do Ministério de Intercessão RCC/RS. [email protected]

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

DIA 22 É O DIA DO RS - MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE ORAÇÃO

PAZ E ALEGRIA NO ES!! CONFIANTES NAS PROMESSAS DE DEUS OREMOS 24 HORAS JUNTOS COM TODAS AS DIOCESES DO ESTADO E COM TODOS OS MINISTÉRIOS NA CERTEZA DA VITÓRIA PELO PODER DO SANGUE DE JESUS!!!

DIA 22 É O DIA DO RS, em unidade oremos e celebremos a graça de Pentecostes em nosso estado, em nosso País, envie seu testemunho, é certo a obra linda de reconstrução e restauração que Deus fará no meio de nós. 
 
Grande abraço. 
 
Deus nos abençoe e proteja.
 
Se você não tem horário, procure seu coordenador e esteja em oração.

Dilon Jr. - Coordenador Estadual Ministério de Intercessão RCC/RS

Vitória pelo poder do Sangue de Jesus!

Hóstia: O que a palavra lhe sugere?



Hóstia: O que a palavra lhe sugere?

Os cristãos adotaram a palavra hóstia para referir-se ao Cordeiro

Certa vez, pensando sobre o "Sacramento da Caridade", me fiz a seguinte pergunta: Por que será que costumamos associar "eucaristia" com "hóstia".

Fala-se em adorar a hóstia, ajoelhar-se diante da hóstia, levar a hóstia em procissão (na festa de Corpus Christi), guardar a hóstia... Uma criança chegou certa vez para a catequista e perguntou: "Tia, quanto tempo falta para eu tomar a hóstia?" (Referia-se à primeira comunhão).

Tive então a idéia de ir atrás da origem da palavra "hóstia". Corri para um dicionário (aliás, vários), e me dei conta que esta palavra vem do latim. Descobri que, em latim, "hóstia" é praticamente sinônimo de "vítima". Ao animal sacrificado em honra dos deuses, à vítima oferecida em sacrifício à divindade, os romanos (que falavam latim) chamavam de "hóstia". Ao soldado tombado na guerra vítima da agressão inimiga, defendendo o imperador e a pátria, chamavam de "hóstia". Ligada à palavra "hóstia" está a palavra latina "hóstis", que significa: "o inimigo". Daí vem a palavra "hostil" (agressivo, ameaçador, inimigo), "hostilizar" (agredir, provocar, ameaçar). E a vítima fatal de uma agressão, por conseguinte, é uma "hóstia".

Então, aconteceu o seguinte: O cristianismo, ao entrar em contato com a cultura latina, agregou no seu linguajar teológico e litúrgico a palavra "hóstia", exatamente para referir-se à maior "vítima" fatal da agressão humana: Cristo morto e ressuscitado.

Os cristãos adotaram a palavra "hóstia" para referir-se ao Cordeiro imolado (vitimado) e, ao mesmo tempo ressuscitado, presente no memorial eucarístico.

A palavra "hóstia" passa, pois, a significar a realidade que Cristo mesmo mostrou naquela ceia derradeira: "Isto é o meu corpo entregue... o meu sangue derramado". O pão consagrado, portanto, é uma "hóstia", aliás, a "hóstia" verdadeira, isto é, o próprio Corpo do ressuscitado, uma vez mortalmente agredido pela maldade humana, e agora vivo entre nós feito pão e vinho, entregue para ser comida e bebida: Tomai e comei..., tomai e bebei...

Infelizmente, com o correr dos tempos, perdeu-se muito este sentido profundamente teológico e espiritual que assumiu a palavra "hóstia" na liturgia do cristianismo romano primitivo, e se fixou quase que só na materialidade da "partícula circular de massa de pão ázimo que é consagrada na missa". A tal ponto de acabamos por chamar de "hóstia" até mesmo as partículas ainda não consagradas!

Hoje, quando falo em "hóstia", penso na "vítima pascal", penso na morte de Cristo e sua ressurreição, penso no mistério pascal. Hóstia para mim é isto: a morte do Senhor e sua ressurreição, sua total entrega por nós, presente no pão e no vinho consagrados. Por isso que, após a invocação do Espírito Santo sobre o pão e o vinho e a narração da última ceia do Senhor, na missa, toda a assembléia canta: "Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus".

Diante desta "hóstia", isto é, diante deste mistério, a gente se inclina em profunda reverência, se ajoelha e mergulha em profunda contemplação, assumindo o compromisso de ser também assim: corpo oferecido "como hóstia viva, santa, agradável a Deus" (Rm 12,1). Adorar a "hóstia" significa render-se ao seu mistério para vivê-lo no dia-a-dia. E comungar a "hóstia" significa assimilar o seu mistério na totalidade do nosso ser para se tornar o que Cristo é: entrega de si a serviço dos irmãos, hóstia.

E agora entendo melhor quando o Concílio Vaticano II, ao exortar para a participação consciente, piedosa e ativa no "sacrossanto mistério da eucaristia", completa: "E aprendam a oferecer-se a si próprios (grifo nosso) oferecendo a hóstia imaculada, não só pelas mãos do sacerdote, mas também juntamente com ele e, assim, tendo a Cristo como Mediador, dia a dia se aperfeiçoem na união com Deus e entre si, para que, finalmente, Deus seja tudo em todos" (SC 48).

Frei José Ariovaldo da Silva, OFM

Mestre em Sagrada Liturgia, prof. Inst Teológico Petrópolis



quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE ORAÇÃO

MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE ORAÇÃO


INTENÇÕES PARA TODOS OS DIAS


a) Pelas nossas intenções particulares.

b) Pelos Grupos de Oração na Diocese, no Estado e no País.

c) Pelos Ministérios da RCC no Grupo de Oração, na Diocese e no Brasil.

d) Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesano, estadual e nacional da RCC.

e) Pelos projetos da RCC na Diocese, no Estado, no Brasil na América Latina e no Mundo.

f) Pelos eventos de evangelização da RCC no Grupo de Oração, na Diocese, no Estado e no Brasil.

g) Pela Reunião dos Conselhos Diocesano, Estadual e Nacional que acontecerão durante o ano.

h) Pela presidência dos Conselhos Diocesano, Estadual e Nacional da RCC.

i) Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre o Papa, pelo nosso Bispo diocesano, pelos Sacerdotes, pelos Religiosos e Religiosas e pelos Seminaristas.

j) Pelas casas de missão da RCC/Br.

k) Pelo Encontro Mundial de Jovens e XXX Congresso Nacional da RCC que acontecerão em Foz do Iguaçu nos dias 10 a 15 de julho de 2012.

l) Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil.

m) Para que todos os membros da RCC do Brasil se abram para a moção da Reconstrução.
 

A hora de oração deverá obedecer a seguinte sequência:

1. Iniciar com o Veni Creator.

2. Orar espontaneamente clamando o Espírito Santo e proclamar o Senhorio de Jesus sobre sua vida e sua família, sobre os membros e sobre os projetos e eventos de evangelização da RCC/Br e sobre o escritório nacional.

3. Com a meditação de Ef 6, 10-17, orar pedindo a Armadura do Cristão.

4. Fazer uma oração de renúncia ou de libertação.
5. Clamar o Sangue de Jesus sobre você, sua família e sobre toda a RCC.

6. Orar com o texto de Baruc 2, 14-17a.

7. A partir daí podemos deixar o Espírito Santo nos conduzir livremente.

Neste momento devemos interceder pelas intenções desta mobilização de oração
Procurar direcionar a oração conforme a motivação de cada dia (vide orientações do item IV c. ).

8. Fazer um momento de escuta e de discernimento.

9. Anotar as moções, profecias e revelações durante a oração e encaminhar para a coordenação estadual do ministério de intercessão.

10.Fazer um momento de orações de louvor e agradecimento proclamando um Salmo de louvor.

11.Encerrar com a oração à Beata Elena Guerra. (anexo II)

Oração de Intercessão e libertação

Senhor Pai do Céu, em nome do Teu Filho e nosso Senhor Jesus Cristo, nós pedimos sejam derrubadas com o poder do Espírito Santo, todas as fortalezas da mentira, do engano, da escravidão espiritual e de toda presunção e orgulho nos membros da RCC do Brasil. Senhor, Pai amoroso, usando a autoridade que nos foi conferida pelo Senhor ressuscitado, vencedor de todo o mal e da morte eterna, nós pedimos sejam desfeitas todas as barreiras que se levantam na RCC do Brasil contra Teu conhecimento e adoração.

Senhor, Pai justo e santo, em nome de Jesus Cristo ressuscitado, único Senhor do universo, nós agora pedimos que Jesus expulse da vida dos membros da RCC do Brasil todas as trevas e influências malignas de todas as áreas do seu ser, assim como de qualquer domínio que Teu inimigo possa ter sobre a vida dos membros da RCC do Brasil e neste instante, pelo Sangue do Senhor Jesus, que está na Tua glória orando por nós, pedimos sejam libertos para viverem reconciliados contigo, se converterem, se confessarem e serem doravante teus filhos, obedientes, por isto Te agradecemos.

Pela autoridade do nome onipotente do Senhor Jesus, seja quebrado o poder de satanás sobre a vida dos membros da RCC do Brasil e reivindicamos sua salvação, cura, libertação de todo o mal, malefício, macumba, maldade, pecado, vício, ódio, doença, soberba, cobiça, controle, insegurança e medo para que a nossa alegria de filhos e filhas de Deus Pai seja perfeita e o Sangue precioso do Senhor Jesus produza em nós os frutos do Espírito Santo. Amém!

Creio em Deus Pai...

Ao Espírito Santo

Por intercessão da Beata Elena Guerra Ó adorável Espírito de Deus, que te comunicaste com a beata Elena Guerra com a abundância dos Teus dons, confiaste-lhe a mensagem da eterna renovação do teu Pentecostes, pela suavidade e fidelidade à missão a ela atribuída, suplicamos-Te, de torná-la, ainda hoje, testemunha do Teu amor na defesa da nossa oração para as nossas intenções. Reacende, ó Deus Consolador, a nossa fé e a nossa esperança, para que possamos caminhar com coragem até o encontro definitivo.

Amém!

Beata Elena Guerra, roga por nós.



Veni Creator

Ó, vinde, Espírito Criador, as nossas almas visitai e enchei os nossos corações com vossos dons celestiais.

Vós sois chamado o Intercessor do Deus excelso o dom sem par, a fonte viva, o fogo, o amor, a unção divina e salutar.

Sois doador dos sete dons e sois poder na mão do Pai, por Ele prometido a nós, por nós seus feitos proclamai.

A nossa mente iluminai, os corações enchei de amor, nossa fraqueza encorajai, qual força eterna e protetor.

Nosso inimigo repeli, e concedei-nos vossa paz; se pela graça nos guiais, o mal deixamos para trás.

Ao Pai e ao Filho Salvador por vós possamos conhecer. que procedeis do seu amor fazei-nos sempre firmes crer.

Amém!
 
Para cada dia da semana vamos direcionar as orações para uma prática espiritual, conforme a sequência a seguir:

1. No domingo priorizar a oração de Louvor.

2. Na segunda-feira meditar o Santo Terço.

3. Na terça-feira exaltar a Santa Cruz.

4. Na quarta-feira priorizar a leitura orante da Bíblia.

5. Na quinta-feira promover a Adoração ao Santíssimo Sacramento.

6. Às sextas-feiras observar algum tipo de Jejum.

7. No sábado, em especial, dirigir-se à Virgem Maria na oração.

8. Participar da Sagrada Comunhão se possível diária ou ao menos aos Domingos.

9. Uma vez no mês procurar o Sacramento da Confissão.

10. Buscar a reconciliação com os irmãos sempre que o Espírito Santo revelar tal necessidade.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Na nossa fraqueza, supliquemos a força de Deus

Na nossa fraqueza, supliquemos a força de Deus

Para todas as coisas na nossa vida, das menores às maiores, precisamos da graça de Deus para realizá-las bem. Muitas vezes, queremos fazer uma boa ação, mas parece que a nossa vontade, enfraquecida, não corresponde ao desejo do nosso coração.
Antes de fazermos qualquer coisa, precisamos rezar: “Senhor, dá-me a graça própria para esta situação”, e assim, humildemente, aprendemos a reconhecer os nossos limites e a contar com a força de Deus. Em tudo precisamos fazer a nossa parte bem feita, mas, antes de tudo, precisamos pedir a graça de sermos conduzidos pelo Espírito Santo, que nos socorre em todas as nossas fraquezas.

“Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza”
(Rm 8,23).

Rezemos ao longo de todo este dia assim: Vinde, Espírito Santo! Vinde com força e com poder!

Jesus, eu confio em Vós!


Luzia Santiago


quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Campanha de oração - Mês de Janeiro 2012 - Vitória pelo poder do Sangue de Jesus

Meu irmão e minha irmã do Ministério de Intercessão do Rio Grande do Sul que a paz que vem de Deus esteja com você e sua família hoje e sempre.

Antes de começar a leitura peço que você faça o sinal da Cruz e reze uma ave-maria por todos os intercessores do nosso estado.

Leitura do Livro dos Números, capitulo 6, 22 - 27.

"O Senhor falou a Moisés, dizendo:“Fala a Aarão e a seus filhos: Ao abençoar os filhos de Israel, dizei-lhes: ‘O Senhor te abençoe e te guarde! O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face, e se compadeça de ti! O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz!’ Assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei”.

Com a leitura acima escrevo convidando a todos para assumirmos nossa autoridade de FILHOS DE DEUS e a começarmos a abençoar, usar o poder espiritual da benção.

"Não pagueis mal com mal, nem injúria com injúria. Ao contrário, abençoai, pois para isto fostes chamados, para que sejais herdeiros da bênção." I Pe. 3,9.

É muito sério, somos herdeiros da benção, o Senhor nos dá por herança, é necessário tomar posse da benção, assumir a benção e levar ela a todas pessoas e a todos os espaços da nossa vida.
Vamos abençoar esse ano que inicia, cada dia da nossa vida, cada hora, cada minuto, cada segundo.
É chegada a hora de você querido(a) intercessor(a) abençoar sua vida, seu ministério, seu trabalho, seu futuro, SUA FAMÍLIA, o Grupo de oração, as reuniões do Ministério de Intercessão, supliquemos a benção de Deus para toda a IGREJA, para o MUNDO.


NO ANO DE 2012 VAMOS RESGATAR A ORAÇÃO EM FAMÍLIA, OS PAIS ABENÇOANDO SEUS FILHOS, OS FILHOS ABENÇOANDO OS PAIS, OS IRMÃOS, famílias cheias das bençãos de Deus.

Em resumo, temos que abençoar e tomar posse da benção em nome de Jesus e pela intercessão da Virgem Maria.

Intenções Permanentes:

Por todas as intenções, reuniões e necessidades do Conselho e Escritório Nacional e da Coordenação Nacional do Ministério de Intercessão, conforme a Rede Nacional de Intercessão do janeiro de 2012.
Pelo Presidente do Conselho Estadual da RCC-RS, Darlen Vaz e seus familiares, pelo Escritório Estadual e por todas as reuniões, ações e decisões e por todos os eventos do ano de 2012.
Pelas intenções confiadas ao Ministério de Intercessão e à sua coordenação estadual.
Pelo projeto de reconstrução e construção e por sua coordenação em nosso Estado.

INTENÇÃO ESPECIAL NO MÊS DE JANEIRO

PELO JESUS NO LITORAL que acontecerá nos dia 9 - 15 de Janeiro na Praia no Cassino na Diocese de Rio Grande, é organizado pelo MJ, mas é responsabilidade de toda a RCC do RS. Sei que muitos não tem como estar presente, logo abaixo coloco uma pequena escala dividida em dois turnos(manhã e tarde) para as dioceses e arquidioceses do estado permanecerem em intercessão na intenção do Jesus no Litoral (missionários, coordenação, equipes de cozinha, limpeza, som, teatro, saúde etc...) rezemos fechando todas as brechas e ouvindo o Senhor, com muito louvor e adoração na certeza da obra que o Senhor vai realizar. REZANDO NOSSO ROSÁRIO DIÁRIO E COLOCANDO NA INTENÇÃO DA SANTA MISSA, se possível diária. Oferecendo JEJUM a começar na próxima sexta 06/01.

REVESTIDOS COM A ARMADURA DE DEUS, LAVADOS COM O SANGUE DE JESUS, COM INTERCESSÃO DA VIRGEM MARIA E DE SÃO MIGUEL ARCANJO - VAMOS NOS UNIR EM ORAÇÃO.

                    Turno da  Manhã  e  Turno da Tarde
DIA 09/01: Diocese de Osório e Arquidiocese de Pelotas
DIA 10/01: Diocese de Novo Hamburgo e Arquidiocese de Porto Alegre
DIA 11/01: Diocese de Caxias do Sul e Diocese de Bagé
DIA 11/01: Diocese de Santo Angelo e Diocese de Cachoeira do Sul
DIA 12/01: Diocese de Montenegro e Diocese de Vacaria
DIA 13/01: Arquidiocese de Santa Maria e Diocese de Cruz Alta
DIA 14/01: Diocese de Montenegro e Diocese Santa Cruz do Sul
DIA 15/01: Diocese de Frederico W, Arquidiocese de Passo Fundo e Diocese de Erechim

Obs: A diocese de Rio Grande não está na escala, tendo em vista que irá sediar o JNL e estará em constante intercessão.
MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE ORAÇÃO JÁ COMEÇOU, NOSSO DIA É O DIA 22 DE CADA MÊS. PROCURE SEU COORDENADOR DIOCESANO ou entre em contato conosco.

Grande abraço.
Que Deus nos abençoe, guarde e proteja.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Salve Maria.

Dilon Junior
Coordenador Estadual Ministério de Intercessão - RCC/RS.

Rede Nacional de Intercessão - Janeiro de 2012

INTERCESSÃO PROFÉTICA




No capítulo nove do livro dos Atos dos Apóstolos encontramos um maravilhoso exemplo de intercessão profética. No início deste capítulo, São Lucas narra o episódio da conversão de Saulo que, ao cair do cavalo, fica cego e é conduzido para Damasco até a casa de Judas. No breve diálogo de Saulo com o Senhor, ele é instruído sobre como deverá proceder. “Então, trêmulo e atônito, disse ele: ‘Senhor, que queres que eu faça?’. Respondeu-lhe o Senhor: ‘Levanta-te, entra na cidade. Aí te será dito o que deves fazer’” (At 9,6).



Assim que Saulo chegou a Damasco, o Espírito Santo começou a procurar alguém nesta cidade que fosse capaz de ouvir a Sua voz e obedecê-la, a fim de orar por Saulo para que os planos do Senhor se realizassem em sua vida.



Após três dias, o Espírito de Deus finalmente encontrou Ananias que, naquele momento, orava e escutava o Senhor. “Havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. O Senhor, numa visão, lhe disse: ‘Ananias!’. ‘Eis-me aqui, Senhor’, respondeu ele” (At 9,10).



Então o Espírito Santo começou a instruí-lo, lhe fornecendo informações precisas de como e onde ele deveria atuar. “O Senhor lhe ordenou: ‘Levanta-te e vai à Rua Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso, chamado Saulo; ele está orando’” (At 9,11).



Ananias então obedeceu e encontrou tudo conforme o Espírito de Deus lhe revelou (cf. At 9,17). Percebam, irmãos, a importância da intercessão profética, ou seja, de ouvirmos o Senhor enquanto oramos para que possamos saber como e para quem devemos interceder.



A intercessão profética muitas vezes é uma antecipação ou revelação de um fato que está para acontecer, em que o intercessor ou a equipe de intercessão estando aberta à ação do Espírito Santo, numa postura de escuta, ouve do Senhor o que Ele quer e como Ele quer que seja orado. “Invoca-me, e te responderei, revelando-te grandes coisas misteriosas que ignoras” (Jr 33,3).



A intercessão profética atesta o poder da oração que existe em cada cristão. Deus deseja que seu povo rompa as barreiras do inimigo e caminhe num nível de autoridade muito maior do que nós conhecemos ou experimentamos hoje.



A intercessão profética é a oração que manifesta a visão e a realidade de Deus aqui na terra, levando famílias a serem restauradas, cidades, estados e nações inteiras a se rederem ao Senhorio de Jesus. A intercessão profética é uma arma muito poderosa para destruir as obras de Satanás, que tem cegado os olhos de muitos para que não vejam a gloriosa luz do Evangelho.



Profetizar vem da palavra grega propheteia, que significa: “Falar antes”. A palavra grega para intercessão é enteuxis, que significa: “aproximar-se para conversar”. Através da Intercessão Profética buscamos uma intimidade, uma aproximação com o Senhor, para falar com Ele, ouvi-Lo e senti-Lo.



Como ovelhas no redil do Senhor, temos a dádiva de ouvir a Sua voz. Quando você abrir a porta para a mão dupla do diálogo e ouvir a Deus enquanto ora, irá aprender a orar aquilo que está no coração de Deus. Mas lembre-se: quanto mais limpo for o canal de comunicação, mais eficientemente você irá interceder conforme a vontade de Deus para a vida das pessoas e vivenciará milagrosos rompimentos de barreiras!



Mas será que nossos ouvidos estão atentos e preparados para ouvir a voz do Senhor e liberá-la na terra como fez Ananias?



Estamos, de fato, preparados para sermos estes instrumentos de Deus na vida daqueles que necessitam da nossa intercessão?



Não temos dúvidas que o Senhor tem chamado os seus intercessores para serem instrumentos d’Ele aqui nesta terra, para se posicionarem na “brecha” a fim de ouvir e obedecer a Sua voz.



Por isso, precisamos cuidar muito bem da nossa conduta de cristãos e nos deixar conduzir pelo Espírito, a fim de que a nossa intercessão seja realmente um mover da voz profética do Senhor na realidade da RCC do Brasil, que, nestes tempos, está sendo conduzida por Deus para um período de reconstrução da sua identidade e da sua espiritualidade.



Louvado seja o Senhor!



Núcleo Nacional de Intercessão



INTENÇÕES PARA ESTE MÊS



1. Pelo Santo Padre, o Papa Bento XVI, pelos bispos, sacerdotes, diáconos e religiosos (as), pelos seminaristas, para que neste período de formação sintam seu chamado confirmado;



2. Pelo Presidente da Renovação Carismática Católica, Marcos Volcan. Pela unidade da RCC em todo Brasil, estados, Grupos de Oração, equipes de serviço e núcleos e com as diversas expressões carismáticas;



3. Pelo Serviço Internacional da RCC (ICCRS) prestado por seus membros e pelo Conselho Latino-Americano (CONCCLAT), para que o Espírito Santo dirija os projetos e orientações do nosso movimento;



4. Pelo Programas de TV da RCC: Celebrando Pentecostes, na TV Canção Nova, e Renovação em Ação, na TV Século 21. Pelo Portal da RCC na Internet;



5. Pelos projetos de evangelização, entre eles: Celebrando Pentecostes e Missão Marajó. Veículos de Comunicação. Por todos os colaboradores do projeto da Construção da Sede Nacional e Semeando a Cultura de Pentecostes;



6. Pela construção de nossa Sede Nacional e pelos colaboradores;



7. Pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, para que objetivem os valores cristãos e respeito à vida desde sua concepção nas tomadas de decisão.



8. Pelo Encontro Mundial de Jovens e do Ministério para as Crianças e pelo Congresso Nacional da RCC que será realizado em Foz do Iguaçu em julho de 2012.



9. Pela recuperação da saúde de Celso Sangali da RCC de Curitiba/PR, responsável pela organização no Paraná do Encontro Mundial de Jovens e do XXX Congresso Nacional da RCC.



10. Pelos funcionários e pelas necessidades do Escritório Nacional da RCCBRASIL.