sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Rede Nacional de Intercessão - Agosto 2013

A INTERCESSÃO EFICIENTE DOS PRIMEIROS CRISTÃOS
 Neste mês de agosto vamos refletir sobre um episódio bastante importante narrado em Atos 4,29-31 que foi protagonizado pelos primeiros cristãos.
Neste trecho da Palavra de Deus temos a narrativa de uma prática bastante presente nas primeiras comunidades cristãs que era a oração em comum. No entanto, esta oração que vemos neste trecho dos Atos dos Apóstolos é especialmente significativa, pois neste momento os cristãos estavam passando por grandes perseguições. Porém, mesmo apesar destas grandes dificuldades podemos perceber que a oração desta comunidade era constante e marcada pela ousadia e pelo louvor a Deus.
O texto de Atos 4,29-31 para ser compreendido é necessário entender o seu contexto, onde igreja primitiva acabava de ser instituída, Jesus havia ascendido aos céus e nos primeiros textos de Atos, a promessa que Jesus havia feito se cumpre, o Espírito Santo é derramado de maneira maravilhosa, milagres fluem no meio da igreja primitiva, porém, tão rápido foram as bênçãos e tantas foram as maravilhas que a perseguição não ficou atrás, também acompanhou os membros da Igreja para que a mensagem do Evangelho fosse espalhada.
Tudo isso deve nos levar a concluir que as dificuldades, as perseguições e as tribulações, podem ser encaradas como, de certa forma, uma maneira de Deus nos fazer compreender algumas realidades que precisam ser acentuadas na evangelização e no nosso cotidiano. Assim como para os primeiros cristãos estas perseguições foram de certa forma importantes para que o Evangelho se espalhasse por todo o mundo, assim também para nós hoje, as dificuldades que encontramos não podem ser vistas com negativismo ou com desânimo, mas devem servir para que tenhamos a mesma atitude dos cristãos primitivos que souberam manter a esperança no Senhor sem deixar um só momento de orar e clamar pela ajuda de Deus que é certa e eficaz.
Neste sentido, o Ministério de Intercessão na RCC deve perseguir este mesmo propósito que marcou as primeiras comunidades, ou seja, manter viva a oração de súplica, de louvor e de ousadia. Afinal, para o intercessor que crê não pode haver intenção que não possa ser atendida pelo Senhor. Ao contrário, até mesmo aquelas situações mais difíceis, onde todos já decretaram que não há mais solução e que nada mais pode ser feito, para o intercessor que intercede segundo o Coração de Jesus não existe a dúvida de que estas intenções possam sim ser ouvidas e atendidas pelo Senhor que tem o poder de transformar todas as coisas.
Inspirando-nos na oração e na ousadia dos primeiros cristãos queremos propor para que nestes últimos meses de 2013 façamos uma insistente oração diante do Senhor. E seguindo o exemplo das primeiras comunidades cristãs vamos atualizar em nossos dias esta Palavra de At. 4,29-31 para clamar diante de Deus por milagres, prodígios e sinais em nossos Grupos de Oração, na RCC, na Igreja e em nossas famílias, para isso convocamos todos os intercessores e intercessoras do Brasil.
Que o Senhor Jesus os abençoe!
Luiz César Martins
Coordenador Nacional do Ministério de Intercessão RCCBRASIL


INTERCESSÃO PELOS GRUPOS DE ORAÇÃO, PELA RCC, PELA IGREJA E PELAS FAMÍLIAS.
Faremos assim:
Em todas as reuniões de intercessão, após iniciarmos como fazemos de costume, tomaremos a Palavra de Deus em AT 4,29-31 Eclo. 36,1-19.
a) Iniciaremos proclamando por três vezes a oração feita nos versículos 29 e 30 onde todos os intercessores deverão orar juntos estes dois versículos:
“Agora, pois, Senhor, olhai para as suas ameaças e concedei aos vossos servos que com todo o desassombro anunciem a vossa palavra. Estendei a vossa mão para que se realizem curas, milagres e prodígios pelo nome de Jesus, vosso santo servo!” (3 Vezes)
b) Proclamar todos juntos a Palavra de Eclo. 36,1-19.
c) Após esta Palavra proclamada, todos os intercessores devem juntos orar espontaneamente por uns cinco minutos pedindo a intercessão de Nossa Senhora e clamando ao Senhor para que a Palavra de At. 4,29-31 e Eclo. 36,1-19 se cumpra em todos os nossos Grupos de Oração, na RCC, na Igreja e em nossas famílias.
d) Logo em seguida todos proclamam o versículo 31 (At. 4,31) profetizando o cumprimento desta oração:
“Mal acabavam de rezar, tremeu o lugar onde estavam reunidos. E todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciaram com intrepidez a palavra de Deus.” (At. 4,31)
e) Por mais cinco minutos faremos um grande louvor a Deus agradecendo-O pelo cumprimento de suas promessas.
f) A partir daqui deve-se continuar a intercessão como de costume.
OBSERVAÇÕES:
1) O tempo desta oração não deve ser superior a 20 minutos para não comprometer o tempo normal da intercessão.
2) Leve este roteiro para o seu grupo de intercessão para ser utilizado durante a oração.


INTENÇÕES PARA ESTE MÊS
1. Pela Reunião do Conselho nacional que acontecerá neste mês de setembro em Aparecida do Norte/SP
2. Pela Reunião de Oração do seu Grupo de Oração (pelo pregador, dirigente, músicos e demais servos e pelas pessoas que participam da Reunião de Oração).
3. Pelos Grupos de Oração na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil.
4. Pelos Ministérios da RCC no seu Grupo de Oração, na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil.
5. Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesano, estadual e nacional da RCC.
6. Pelos projetos da RCC na Diocese, no Estado, no Brasil na América Latina e no Mundo.
7. Pelos eventos de evangelização da RCC no seu Grupo de Oração, na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil.
8. Pela Reunião dos Conselhos Diocesano, Estadual e Nacional que acontecerão durante este ano.
9. Pela coordenação do seu Grupo de Oração, da RCC na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil (Coord. Nacional: Katia Roldi Zavaris e sua família).
10.Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre o Papa Francisco, pelo nosso Bispo diocesano, pelos Sacerdotes, pelos diáconos, pelos Religiosos e Religiosas e pelos Seminaristas.
11.Pelas casas de missão e pelos missionários da RCCBRASIL
12.Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil e pelos seus colaboradores.
13.Para que todos os membros da RCC do Brasil se abram para a moção da Reconstrução.

0 comentários:

Postar um comentário